Confira algumas empresas e entidades que estão fazendo o bem

Vamos espalhar o bem?

Em meio a pandemia do novo Coronavirus, percebemos que a solidariedade também está sendo transmitida por aí! Me proponho a destacar aqui, algumas, das muitas ações de amor ao próximo que está acontecendo. Veja algumas empresas que estão fazendo o bem nesse momento, tão necessário:

  • O Grupo Dass decidiu fabricar 35 mil máscaras e 450 jalecos que serão doados a hospitais e postos de saúde.  A empresa é uma fabricante de calçados esportivos, com lojas pelo país.  A Dass foi criada por empresários do Sul e tem várias operações no Brasil e no exterior. No Rio Grande do Sul, tem uma unidade corporativa com centro de pesquisa em Ivoti e outra operação industrial em Venâncio Aires.   
  • A Lojas Renner R$ 4,1 milhões para instituições hospitalares no país para ajudar no combate ao coronavírus. Aqui do Rio Grande do Sul, estão na lista os hospitais Conceição e de Clínicas, que ficam em Porto Alegre. O apoio é destinado para a compra de insumos para o Sistema Único de Saúde. Além dos gaúchos, serão beneficiados os hospitais São José, em Criciúma (SC), São Donato, em Içara (SC), além de unidades de saúde referência em São Paulo, como o InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP).
  • O Grupo Zaffari vai doar R$10 milhões para o Instituto Cultural Floresta. O instituto, sem fins lucrativos, está buscando arrecadar 20 milhões para a montagem de unidades de tratamento intensivo, compra de equipamentos de proteção individual e de testes rápidos para detectar coronavírus.
  • A cervejaria artesanal Rassen de Gramado está fabricando álcool gel. A empresa pretende doar o produto para hospitais, postos de saúde, equipes das secretarias de saúde, bombeiros, Brigada Militar, Polícia Civil e asilos de Gramado e Canela
  • Empresa de aplicativos de transporte, 99 oferecerá 20 mil corridas para apoiar o combate ao coronavírus em Porto Alegre. A cidade será a primeira da região Sul beneficiada pelo fundo de R$ 4 milhões criado pela empresa para o país. As corridas serão usadas pela prefeitura de Porto Alegre, com quem a 99 fechou a parceira. Serão suporte para as ações da Secretaria Municipal da Saúde para conter o avanço da doença.
  • A Lugano, marca de chocolates finos de Gramado, decidiu doar nove ovos de 2,5 Kg para serem leiloados em benefício do Hospital Arcanjo São Miguel, no centro de Gramado. Os ovos foram feitos à mão e o valor arrecadado será 100% revertido para a construção da Ala de Doenças Respiratórias do Hospital de Arcanjo São Miguel.Para participar, é só entrar no blog da empresa e fazer seu lance. O maior valor oferecido leva o ovo. A ação é válida até o dia 30 de março e o valor arrecadado será depositado diretamente na conta da instituição.
  • O Grupo Ramarim, que produz calçados da marca homônima e Comfortflex, informou que vai doar unidades para hospitais públicos das cidades onde possui plantas industriais. No Rio Grande do Sul, os municípios de Sapiranga e Nova Hartz têm unidades da empresa.O objetivo é prevenir a disseminação do vírus COVID-19. O coronavírus pode ser transmitido através de superfícies contaminadas e os cuidados com calçados e roupas são fundamentais para evitar o contágio.As secretarias de Saúde de cada cidade retiraram os produtos no Grupo Ramarim para realizar a distribuição as profissionais. Aproximadamente R$ 50 mil em calçados serão doados aos hospitais gaúchos e da Bahia onde o grupo tem fábricas.
  • A Taurus, Empresa Estratégica de Defesa e responsável pela fabricação de produtos essenciais para os profissionais da segurança pública e privada, está fornecendo refeições para os integrantes do Batalhão da Polícia Militar e para a Guarda Municipal, em serviço na cidade de São Leopoldo, onde está localizada sua fábrica. A ação acontecerá durante o tempo em que o comércio (restaurantes e lanchonetes) estiverem fechados.
  • Produtores de cachaça de todo o Brasil já iniciaram a produção de álcool em gel 70% e devem começar a distribuir ainda nos próximos dias as doações aos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). O Rio Grande do Sul será um dos estados beneficiados, além de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Alagoas.O Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC) informa que a doação inicial será de mais de 70 mil litros de álcool etílico hidratado a 70% feitos por produtores da bebida associados e demais empresas do setor para colaborar no combate ao COVID-19.
  • A General Motors passou a integrar uma força-tarefa para o conserto de todos os respiradores que não estão funcionando no Brasil, por meio da Iniciativa + Manutenção de Respiradores. A montadora de automóveis se soma ao Ministério da Economia, SENAI, Associação Brasileira de Engenharia Clínica.A ação tem o intuito de aumentar o número de aparelhos disponíveis para atender pacientes graves infectados pelo vírus Covid-19. Até o momento, já foram mapeados mais de 33 mil respiradores que não estão em operação, mas estima-se que o número pode ser ainda maior. O objetivo é consertar 100% dos aparelhos fazendo todo o processo de buscar nos hospitais, levar até uma fábrica mais próxima, consertar com a mão de obra técnica voluntária treinada pelo SENAI e, depois de consertado, retornar ao hospital de origem para ser usado no combate ao Covid-19.
  • Arezzo&Co, junto com fornecedores e voluntários, vai produzir 25 mil máscaras de proteção que serão distribuídas pelas Secretarias de Saúde em Campo Bom, Novo Hamburgo e pela Secretaria de Saúde do Estado do RS.

Sua empresa ou entidade também fez uma ação bacana? Mande um e-mail pra mim jeania@uniaofm.com.br.

Use a #unidosmesmoadistancia, marque a União FM nas redes sociais @radiouniaofm e conte pra gente como você se une a essa corrente do bem!!

União FM – Voz Ao Que Faz Bem

Ver mais novidades