Queen pode vender seu catálogo musical por um bilhão de dólares

A Sony Music está em negociações para comprar o catálogo musical do Queen, incluindo sucessos como “Bohemian Rhapsody, “Radio Ga Ga” e “Another One Bites The Dust”. De acordo com matéria da Bloomberg, a gravadora está trabalhando com outro investidor nessa transação, que pode chegar na casa de um bilhão de dólares. Se for adiante, o acordo englobará toda a propriedade intelectual relacionada ao grupo – incluindo os direitos de logotipos, videoclipes, mercadorias, publicação e outras oportunidades de negócios.

A reportagem diz que as discussões sobre a venda vêm ocorrendo desde o ano passado. A Universal Music também estaria envolvida, devido ao relacionamento de longa data com a banda, que assinou com a gravadora britânica EMI em 1972 e permaneceu com a empresa depois que ela foi adquirida pela Universal em 2011.

O Queen é mais popular grupo de classic rock no streaming, com 52 milhões de ouvintes mensais somente no Spotify. Se a banda vender seu catálogo por um bilhão de dólares, será o maior negócio do tipo no universo da música, superando os 500 milhões de dólares que a Sony pagou em 2021 para adquirir as publicações de Bruce Springsteen. Esse tipo de venda de todo o catálogo musical vem se mostrando uma opção atraente para músicos veteranos renomados que estão preferindo deixar boas quantias em dinheiro para seus herdeiros, enquanto grupos especializados passam a controlar profissionalmente todas as suas publicações.

Além de Springsteen, recentemente Sting, Neil Young, Peter Frampton, Rod Stewart, Aerosmith, Stevie Nicks e Red Hot Chili Peppers negociaram recentemente seus direitos de publicação em troca de grandes quantias de dinheiro.

Ver mais novidades


Warning: Array to string conversion in /var/www/clients/client25/web61/web/wp-includes/class-wp-query.php on line 3494