OSCAR 2020: “Parasita” é o grande vencedor da noite

A premiação mais importante do cinema surpreendeu o público na noite do último domingo, dia 09, ao consagrar o filme sul coreano “Parasita” como o “Melhor Filme” do ano. O longa dirigido por Bong Joon-ho, faturou outras três estatuetas, “Melhor Roteiro Original”, “Melhor Diretor” e “Melhor Filme Estrangeiro”. Esta foi a primeira vez que a academia entrega o Oscar de “Melhor Filme” a uma produção não falada em língua inglesa.

A 92ª edição do evento também teve como destaque o ator Joaquim Phoenix, que confirmou o favoritismo e levou o prêmio de “Melhor Ator” em sua interpretação como “Coringa”. Já o Oscar de “Melhor Ator Coadjuvante” foi para Brad Pitt, e o de “Melhor Atriz” para Renée Zellweger.

O documentário brasileiro de Petra Costa, “Democracia em Vertigem”, perdeu a chance de trazer o primeiro prêmio para o Brasil já que na categoria de “Melhor Documentário”, “Industria Americana”, que tem Michele e Barack Obama entre os produtores.

Confira abaixo a lista completa:

Melhor Filme
“Ford vs Ferrari
“O irlandês”
“Jojo Rabbit”
“Coringa”
“Adoráveis mulheres”
“História de um casamento”
“1917”
“Era uma vez em… Hollywood”
“Parasita” – vencedor

Melhor Direção
Martin Scorsese, “O irlandês”
Todd Phillips, “Coringa”
Sam Mendes, “1917”
Quentin Tarantino, “Era uma vez em… Hollywood”
Bong Joon Ho, “Parasita” – vencedor

Melhor Atriz
Cynthia Erivo, “Harriet”
Scarlett Johansson, “História de um casamento”
Saoirse Ronan, “Adoráveis mulheres”
Charlize Theron, “O escândalo”                   
Renee Zellweger “Judy” – vencedor

Melhor Ator
Antonio Banderas, “Dor e glória”
Leonardo DiCaprio, “Era uma vez em… Hollywood”
Adam Driver, “História de um casamento”
Joaquin Phoenix, “Coringa” – vencedor
Jonathan Pryce, “Dois papas”

Melhor Roteiro Adaptado
“O irlandês,” Steven Zaillia
“Jojo Rabbit,” Taika Waititi – vencedor
“Coringa”, Todd Phillips, Scott Silver
“Just Mercy”, Destin Daniel Cretton and Andrew Lanham
“Adoráveis mulheres”, Greta Gerwig
“Dois papas” Anthony McCarten

Melhor Roteiro Original
“Knives Out,” Rian Johnson
“História de um casamento”, Noah Baumbach
“1917,” Sam Mendes and Krysty Wilson-Cairns
“Era uma vez em… Hollywood”, Quentin Tarantino
“Parasita”, Bong Joon-ho, Jin Won Han – vencedor

Melhor Atriz Coajuvante
Kathy Bates, “Richard Jewell”
Laura Dern, “História de um casamento” – vencedor
Scarlett Johannson, “Jojo Rabbit”
Florence Pugh, “Adoráveis mulheres”
Margot Robbie, “O escândalo”

Melhor Ator Coadjuvante
Tom Hanks, “Um lindo dia na vizinhança”
Anthony Hopkins, “Dois papas”
Al Pacino, “O irlandês”
Joe Pesci, “O irlandês”
Brad Pitt, “Era uma vez em… Hollywood” – vencedor

Melhor Direção De Arte
“1917”
“O irlandês”
“Era uma vez em… Hollywood” – vencedor
“Jojo Rabbit”
“Parasita”

Melhor Fotografia
“The Irishman,” Rodrigo Prieto
“Joker,” Lawrence Sher
“The Lighthouse,” Jarin Blaschke
“1917,” Roger Deakins – vencedor
“Once Upon a Time in Hollywood,” Robert Richardson

Melhor Filme Internacional
“Corpus Christi,” Jan Komasa
“Honeyland,” Tamara Kotevska, Ljubo Stefanov
“Les Miserables,” Ladj Ly
“Dor e glória” Pedro Almodovar
“Parasita” Bong Joon Ho – vencedor

Melhor Longa De Animação
“Como treinar o seu dragão 3″, Dean DeBlois
“I Lost My Body”, Jeremy Clapin
“Klaus”, Sergio Pablos
“Link perdido”, Chris Butler
“Toy Story 4”, Josh Cooley – vencedor

Melhor Figurino
“O irlandês” Sandy Powell, Christopher Peterson
“Jojo Rabbit”, Mayes C. Rubeo
“Coringa”, Mark Bridges
“Adoráveis mulheres”, Jacqueline Durran – vencedor
“Era uma vez em… Hollywood”, Arianne Phillips

Melhor Edição De Som
“Ford vs Ferrari”, Don Sylvester – vencedor
“Coringa”, Alan Robert Murray
“1917”, Oliver Tarney, Rachel Tate
“Era uma vez em… Hollywood” Wylie Stateman
“Star Wars: A Ascensão de Skywalker”, Matthew Wood, David Acord

Melhor Mixagem De Som
“Ad Astra”
“Ford vs Ferrari”
“Coringa”
“1917” – vencedor

Melhor Curta De Animação
“Dcera,” Daria Kashcheeva
“Hair Love,” Matthew A. Cherry – vencedor
“Kitbull,” Rosana Sullivan
“Memorable,” Bruno Collet
“Sister,” Siqi Song

Melhor Curta Metragem
“Brotherhood”, Meryam Joobeur
“Nefta Football Club”, Yves Piat
“The Neighbors’ Window”, Marshall Curry – vencedor
“Saria”, Bryan Buckley
“A Sister”, Delphine Girard

Melhor Trilha Sonora
“Coringa,” Hildur Guðnadóttir – vencedor
“Adoráveis mulheres,” Alexandre Despla
“História de um casamento,” Randy Newman
“1917,” Thomas Newman

Melhores Efeitos Especiais
“Vingadores: Ultimato”
“O Irlandês”
“O Rei Leão”
“1917” – vencedor
“Star Wars: A Ascensão Skywalker”

Melhor Montagem
“Ford vs Ferrari” – vencedor
“O Irlandês”
“JoJo Rabbit”
“Coringa”
“Parasita”

Melhor Cabelo e Maquiagem
“Bombshell” – vencedor
“Coringa”
“Judy”
“1917”
“Maleficent: Mistress of evil”

Melhor Canção Original
“I Can’t Let You Throw Yourself Away,” “Toy Story 4”
“I’m Gonna Love Me Again,” “Rocketman” – vencedor
“I’m Standing With You,” “Breakthrough”
“Into the Unknown,” “Frozen 2”
“Stand Up,” “Harriet”

Melhor Longa Documentário
“Indústria americana”, Steven Bognar, Julia Reichert, Jeff Reichert – vencedor
“The cave”, Feras Fayyad, Kristine Barfod, Sigrid Dyejaer
“Democracia em vertigem”, Petra Costa, Joanna Natasegara, Shane Boris, Tiago Pavan
“For sama”, Waad Al-kateab, Edward Watts
“Honeyland”, Ljubo Stefanov, Tamara Kotevska, Atanas Georgiev

Melhor Curta Documentário
“In the Absence”
“Learning to Skateboard in a Warzone,” Carol Dysinger – vencedor
“Life Overtakes Me,” Kristine Samuelson, John Haptas
“St. Louis Superman”
“Walk Run Cha-Cha,” Laura Nix

Foto: AFP

Ver mais novidades

Filmes indicados ao Oscar 2020 terão exibição em Canoas

Cinco filmes indicados ao Oscar 2020 terão exibição especial em Canoas, na próxima semana. A maratona ocorre nos dias 6 e 7 de fevereiro, na UCI Cinemas, do Park Shopping Canoas (avenida Farroupilha, 4545, Mal. Rondon), com as principais produções que concorrem aos prêmios de Melhor Filme e Melhor Direção. 

Alguns filmes que já saíram de cartaz, como “Era Uma Vez Em…Hollywood” e “Coringa”, estarão de volta em exibição. Os ingressos já estão à venda no site do Park Shopping Canoas. 

Entre os indicados a Melhor Filme, serão exibidos “Ford vs Ferrari”, “Coringa”, “Era Uma Vez em… Hollywood”, “Jojo Rabbit” e “Parasita”. Os diretores Todd Phillips (“Coringa”), Quentin Tarantino (“Era Uma Vez em… Hollywood”) e Bong Joon-ho (“Parasita”) concorrem na categoria de Melhor Diretor. 

A cerimônia do Oscar ocorre no dia 9 de fevereiro. 

Confira a programação 

• Ford vs Ferrari: às 15h;
• Parasita: às 16h55 e às 20h30;
• Jojo Rabbit: às 18h05;
• Coringa: às 19h45;
• Era Uma Vez em… Hollywood: às 22h20.

Ver mais novidades

Bolsa de presentes para indicados é avaliada em US$ 215 mil. Com alguns itens inusitados!

A tradicional bolsa de presentes entregue aos indicados ao Oscar nas categorias de atuação e direção é avaliada em US$ 215 mil (cerca de R$ 914 mil) este ano, segundo a Forbes. O valor em 2020 é US$ 70 mil a mais do que o ano anterior.

A soma das sacolas entregues aos 24 indicados nas cinco categorias chega a quase R$ 5,2 milhões. Scarlett Johansson, que foi indicada como Melhor Atriz (por “História de um casamento”) e Melhor Atriz Coadjuvante (por “Jojo Rabbit”) receberá apenas uma sacola.

Os mimos entregues variam de caixa de cookies até cirurgia plástica ou viagens com todos os custos inclusos. O item mais em conta da sacolinha é um pacote com barras de chocolate.

Alguns presentes são totalmente incomuns, como um exame de urina através de um sistema de coleta que promete uma melhor precisão nos testes para infecções. Há também um sutiã inteligente que fornece as medidas exatas para uma ajustagem perfeita ao corpo, segundo a empresa fornecedora da peça.

O presente mais extravagante é um cruzeiro de 12 dias avaliado em R$ 78 mil. A sacola de presentes ainda conta com um passeio romântico em um hotel de luxo na Espanha e cerca de US$ 25 mil em tratamentos cosméticos com um famoso médico de Manhattan.

Outros presentes são água com infusão de hidrogênio, barras de banho de ametista e faixas de meditação com sensor de ondas cerebrais.

Embora a Distinctive Assets, empresa que faz a seleção dos presentes, não seja afiliada com a Academia, a distribuição das luxuosas sacolas se tornou uma tradição.

Foto: REUTERS/Shannon Stapleton

Ver mais novidades

Confira o trailer de “Eduardo e Mônica – o filme”

Saiu o trailer de mais uma música que virou filme. Dessa vez é a clássica “Eduardo e Mônica”,  da Legião Urbana, que serviu de inspiração para o filme que conta a história do casal.  

A produção vai estrear nas telonas em abril de 2020. Essa não é a primeira música de Renato Russo que foi transformada em obra cinematográfica. Em 2013 “Faroeste Caboclo” já havia ido para as telonas com Fabrício Boliveira e Isis Valverde.

Protagonizado por Alice Braga como “Mônica” e Gabriel Leone com “Eduardo”,  o filme tem direção novamente de René Sampaio, que comandou a adaptação de Faroeste Caboclo. A comédia romântica tem roteiro de Matheus Souza e conta com Victor Lamoglia e Otávio Augusto no elenco.

Ver mais novidades

“Last Christmas” coloca George Michael novamente no Top 100

Música é algo mágico mesmo! “Last Christmas”, canção lançada em 1984 pela dupla Wham! George Michael escreveu, produziu, cantou e tocou todos os instrumentos da música. Pois em pleno 2019, essa música atingiu mais uma marca importante fazendo com que o compositor registrasse uma conquista póstuma.

O britânico estreou na parada de compositores da Billboard em 8º lugar graças ao crescimento online de “Last Christmas”. O clássico natalino é destaque na parada britânica e norte-americana. A procura pela música cresceu 43%  na última semana. Os dados foram divulgados pela Streaming Songs.

São 18,1 milhões de reproduções a mais entre 27 de novembro e 5 de dezembro levando a música do 46º lugar para 27º no ranking da Hot 100, a principal parada de singles norte-americana. E a expectativa é crescer ainda mais, principalmente com o bom desempenho do filme “Uma Segunda Chance Para Amar” (“Last Christmas”, no título original) nos cinemas.

Ver mais novidades

Vem aí cinebiografia de Michael Jackson

Michael Jackson pode ganhar uma cinebiografia produzida por Michael Graham, que recentemente trabalhou no filme do Queen, Bohemian Rhapsody. A ideia é fazer um filme que mostre a vida e a obra do rei do pop

Graham declarou que pretende trabalhar ao lado da família e dos administradores do legado de Michael Jackson para garantir assim os direitos de uso das músicas do cantor.

A história deverá contar desde o ínicio no Jackson Five até a morte do cantor, passando pelo super estrelato até disputas legais e acusações de abuso infantil. 

O projeto, ainda sem título revelado, será escrito por John Logan, roteirista indicado ao Oscar pelo trabalho em Gladiador. Ainda não há um estúdio por trás da produção. 

Ver mais novidades